Quem costuma fazer dieta ou entre em um processo restrito de alimentação, muitas vezes pode lidar com algo desagradável: a fadiga. Mas, como emagrecer sem se sentir cansado o tempo todo?

A fadiga crônica é cada vez mais prevalente à medida que os nossos estilos de vida se tornam mais e mais frenéticos e as nossas dietas se afastam cada vez mais das comidas naturais e completas que nossos corpos entendem.

Qualquer pessoa que lute contra isso sabe muito bem como é extremamente debilitante e deprimente, tornando difícil para as pessoas que sofrem com isso passarem seus dias de forma produtiva e positiva.

Se você sentir que está lutando todos os dias contra a exaustão, saiba que você não está sozinho e que há um caminho positivo adiante.

Alguns truques ajudam verdadeiramente a diminuir o domínio da fadiga sobre o seu corpo. Acompanhe.

Beba mais água

Sem bastante água fresca para fluir no seu organismo,o seu corpo torna-se lento, o que significa que as coisas permanecem no corpo por mais tempo do que deveriam e isso definitivamente sobrecarrega todos os seus órgãos e tecidos que têm que trabalhar muito para compensar.

Sempre que você puder, beba, pelo menos dois copos de água logo pela manhã, assim que acordar. Dessa forma, forma você fica com energia para o dia.

Troque o chá e o café por água quente com limão e gengibre. (sem açúcar), gengibre e não se esqueça de tomar bastante água a cada 2 horas.

Não se engane dizendo que você está bebendo água em suas bebidas quentes, como café, chás e refrigerantes. Essas bebidas são diuréticas, o que significa que elas estimulam a eliminação de água.

Além disso, são altamente ácidas para o sistema e estimulam as glândulas suprarrenais, ou seja, tudo o que você realmente não precisa quando está tentando sintonizar seus níveis naturais de energia.

 

Evite alimentos ricos em açúcar e carboidratos

Todos nós sabemos a sensação de estar como se estivesse em câmera lenta e receber aquela pancada de energia quando come algo bastante doce. O único problema é que não consegue te sustentar por muito tempo.

Você tem um impulso momentâneo quando todo o açúcar atinge sua corrente sanguínea, mas como não somos projetados para ter tanto açúcar no sangue, o pâncreas entra em ação para liberar insulina, que limpa todo o açúcar e então você se sente pior do que antes. Aí então você pega outro lanche e o ciclo continua.

Este aumento constante dos níveis de insulina é extremamente prejudicial para nós, pois reduz os níveis de energia e ainda propicia um ganho de peso e todos os tipos de outros problemas.

Lanchar não é errado, pelo contrário, ele serve para justamente dar a energia que precisamos, mas, para isso, verifique se ele contém fibra, proteína e gordura.

Em vez de chocolate processado, experimente frutas, nozes ou castanhas. A fibra, a proteína e as gorduras naturais das nozes garantem que os açúcares sejam liberados mais gradualmente na corrente sanguínea, o que evita os picos de insulina e os níveis oscilantes de energia.

Respire fundo

Parece bobo, mas a maioria de nós simplesmente não respiramos corretamente e, portanto, não recebemos oxigênio suficiente em nossos corpos.

Isso cria confusão mental e cansaço. Nós estamos particularmente propensos a respirar superficialmente quando estamos estressados ​​e isso faz com que nossas glândulas suprarrenais liberem cortisol, o que também afeta os níveis de insulina, e nos deixa muito cansados.

Um truque muito bom quando se está sentindo sobrecarregado ou cansado é a respiração 4-7-8.

Respire pelo nariz contando devagar até 4, prenda a respiração por 7 segundos, em seguida, libere a respiração lentamente pela boca, contando até 8.

Respirar profundamente e expirar lentamente ativa nosso sistema nervoso simpático, que avisa ao nosso corpo que estamos seguros, para que os hormônios do estresse e os níveis de energia voltem ao normal.

Nunca subestime a conexão mente-corpo.

A meditação focada na respiração é um método maravilhosamente acessível para aliviar o estresse e relaxar, proporcionando todos os tipos de benefícios endócrinos e neurais comprovados no processo.

Coma alimentos funcionais

Comer uma variedade de vegetais ricos em fibras e frutas em cada refeição é essencial para se sentir cheio de energia.

Os nutrientes naturais dos vegetais são divididos em diferentes combinações exatamente da maneira que o nosso corpo gosta de recebê-los.

Isso torna mais fácil para o organismo obter os nutrientes de que precisam para funcionar adequadamente. Além disso, a fibra mantém a liberação de energia na corrente sanguínea de forma constante.

Finalmente, vegetais, especialmente os de folhas verdes, sustentam o fígado e outros mecanismos detox, tornando-os mais eficientes na eliminação das toxinas que nos deixam cansados.

Evite alimentos altamente processados ​​

A maioria dos aditivos, conservantes e gorduras em alimentos processados ​​são conhecidas toxinas e disruptores hormonais.

Além disso, eles também contêm um monte de substâncias viciantes (como açúcar, sal e gordura), que colocam um peso enorme em nossas glândulas suprarrenais e nos fazem perder contato com o nosso apetite natural.

Comer ocasionalmente comidas processadas não é um problema, mas comê-los em todas as refeições é muito desgastante para o corpo, nos deixa predisposto ao ganho de peso e à fadiga crônica.

Foque na mente e o corpo obedecerá

A fadiga é muitas vezes um sinal de desequilíbrio no corpo e, como tal, deve ser levado a sério. Se você está lutando com a fadiga, não está tudo em sua mente, você não está sendo estúpido ou fazendo barulho por nada.

Dietas podem ocasionar fadigas crônicas e devem ser evitadas. O melhor é criar hábitos positivos que não dependam de restrições alimentares e estímulos mente e corpo.

Afinal, não adianta apenas pensar que deseja emagrecer, é preciso realmente querer emagrecer, reprogramar a mente para o emagrecimento.

É nesse espaço que a Neurociência aplicada no emagrecimento tem feito inúmeros avanços científicos e hoje já pode ser aplicada na prática com o objetivo de emagrecer de forma consciente, ou seja, utilizando todo o controle que a mente é capaz de exercer sobre o corpo e suas atitudes. 

 

Se você quer descobrir como utilizar a neurociência para ter um emagrecimento de fato eficaz e permanente, eu te convido a conhecer o meu programa online CASA DA MENTE MAGRA e os 4 passos do emagrecimento definitivo.

 

Se você é profissional e quer ajudar seus clientes a perder peso e conquistarem o corpo desejado de forma definitiva: Conheça a formação Professional Coaching de Emagrecimento Consciente – A primeira formação em coach de Emagrecimento do Brasil, com mais de 4 mil alunos formados, e já está em 12 países. Clique AQUI e saiba como fazer parte desse grupo de profissionais de sucesso.